segunda-feira, 9 de novembro de 2015

CONFIRA A LISTA DOS PREMIADOS NO 15º FESTIVAL DE TEATRO DE LIMOIERO – FESTEL

        Os espetáculos “A Menina que Buscava o Sol” e “Assombrações” foram os mais premiados respectivamente nas categorias para Infância e Juventude e na categoria Adulta, no 15º Festival de Teatro de Limoeiro, que revelou seus vencedores na noite deste domingo (08/11).
Em 15 edições, o Festival de Teatro de Limoeiro consagra-se como uma das referências regionais na descoberta de novos talentos para o cenário teatral, e na formação de novas plateias.

Confira a lista completa dos premiados:

Baraúna de Melhor Iluminação para Infância e Juventude
Wedson Garcia
A Menina que Buscava o Sol
Núcleo de Pesquisa Cênica de Pernambuco – Vitória de Santo Antão

Baraúna de Melhor Iluminação Adulta
Dom Dom Almeida
Assombrações
VIII Turma de Iniciação Teatral da Cênicas Cia. de Repertório – Recife

Baraúna de Melhor Sonoplastia para Infância e Juventude
Ju Torres
O Mar de Fiote
Universidade Federal de Pernambuco – Recife

Baraúna de Melhor Sonoplastia Adulta
Aboio - Toada ligeira pra Surubim
SESC Ler Surubim – Surubim

Baraúna de Melhor Maquiagem para Infância e Juventude
Anderson Abreu
Porque eu não posso ser, o que eu quero ser? Por que?           
CEAEC – Centro de Arte Educação e Cultura – Olinda

Baraúna de Melhor Maquiagem Adulta
Assombrações
VIII Turma de Iniciação Teatral da Cênicas Cia. de Repertório – Recife

Baraúna de Melhor Figurino para Infância e Juventude
Cleiton Santiago e Thamires Mendes
A Menina que Buscava o Sol
Núcleo de Pesquisa Cênica de Pernambuco – Vitória de Santo Antão

Baraúna de Melhor Figurino Adulto
Alcio Lins e Sônia Carvalho
Assombrações
VIII Turma de Iniciação Teatral da Cênicas Cia. de Repertório – Recife

Baraúna de Melhor Cenário para Infância e Juventude
Fabiano Falcão
A Mulher que subiu ao céu pelos olhos do Sertão e pela boca do Milagre
Curso de Teatro - Cia. Experimental de Teatro – Vitória de Santo Antão

Baraúna de Melhor Cenário Adulto
André Chaves e Lins Santos
Aboio - Toada ligeira pra Surubim
SESC Ler Surubim – Surubim

Baraúna de Melhor Atriz-Coadjuvante para Infância e Juventude
Suellen Dayane
A Mulher que subiu ao céu pelos olhos do Sertão e pela boca do Milagre
Curso de Teatro - Cia. Experimental de Teatro – Vitória de Santo Antão

Baraúna de Melhor Atriz-Coadjuvante Adulta
Isabela Leão
Assombrações
VIII Turma de Iniciação Teatral da Cênicas Cia. de Repertório – Recife

Baraúna de Melhor Ator-Coadjuvante para Infância e Juventude
João Guilherme
O Mar de Fiote
Universidade Federal de Pernambuco – Recife

Baraúna de Melhor Ator-Coadjuvante Adulto
Wagner Lima
Assombrações
VIII Turma de Iniciação Teatral da Cênicas Cia. de Repertório – Recife

Baraúna de Melhor Atriz para Infância e Juventude
Gabrielly Santos
A Menina que Buscava o Sol
Núcleo de Pesquisa Cênica de Pernambuco – Vitória de Santo Antão

Baraúna de Melhor Atriz Adulta
Daniele Ferreira
Assombrações
VIII Turma de Iniciação Teatral da Cênicas Cia. de Repertório – Recife

Baraúna de Melhor Ator para Infância e Juventude
Pedro Rodrigues
O Mar de Fiote
Universidade Federal de Pernambuco – Recife

Baraúna de Melhor Ator Adulto
Fábio Queiroz
Assombrações
VIII Turma de Iniciação Teatral da Cênicas Cia. de Repertório – Recife

Baraúna de Melhor Direção para Infância e Juventude
Luís Augusto Reis
O Mar de Fiote
Universidade Federal de Pernambuco – Recife

Baraúna de Melhor Direção Adulta
Antônio Rodrigues
Assombrações
VIII Turma de Iniciação Teatral da Cênicas Cia. de Repertório – Recife

Baraúna de Melhor Espetáculo para Infância e Juventude
A Menina que Buscava o Sol
Núcleo de Pesquisa Cênica de Pernambuco – Vitória de Santo Antão

Baraúna de Melhor Espetáculo Adulto
Aboio - Toada ligeira pra Surubim
SESC Ler Surubim – Surubim

Baraúna de Revelação
O FESTEL 2015 foi palco da cena teatral no mais diversificado mundo fantástico onde a ludicidade trouxe à tona o Ator em sua plenitude. Dizem que é preciso se fazer ouvir para ser percebido, e magistralmente descobrimos que nem sempre é preciso ser assim. Vimos um ator desnudar-se e transborda-se em emoção, sem que, para isso fosse pronunciadas inúmeras palavras. Sendo assim, o Troféu Baraúna de Revelação, foi para Helton Melo, do espetáculo Assombrações, da VIII Turma de Iniciação Teatral da Cênicas Cia. de Repertório – Recife.

A Companhia de Eventos Lionarte agradece a todos os grupos e instituições de ensino que marcaram presença no festival. E espera poder contar novamente com todos em 2016, na realização do 16º FESTEL- FESTIVAL DE TEATRO DE LIMOEIRO.